Você Viu? Criminosos invadem Cidade do Povo, Bocalom torna sem efeito decreto que liberava atividades religiosas e mais

Veja as notícias mais acessadas do G1 Acre na semana de 4 a 10 de abril. Veja as notícias mais acessadas do G1 Acre na semana de 4 a 10 de abril Arte/G1 Um dos assuntos que foi destaque essa semana foi a invasão de criminosos na Cidade do Povo. Moradores do local, que fica na região do Segundo Distrito de Rio Branco, viveram momentos de tensão na noite da última segunda-feira (5). É que um grupo de criminosos armados invadiu as ruas do bairro e efetuou vários disparos contra rivais. Eles gravaram o momento da invasão e o vídeo viralizou nas redes sociais. Nas imagens, é possível ver vários homens armados correndo pela rua do bairro e são efetuados vários tiros. Outro assunto que repercutiu foi o decreto municipal que liberava a realização de eventos religiosos ao ar livre com capacidade de 25% de público aos finais de semana e feriados. O prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, tornou sem efeito, neste sábado (10), o decreto que liberava o funcionamento de atividades religiosas ao ar livre na capital acreana. Ele recebeu uma recomendação, nessa sexta-feira (9), do Ministério Público Federal (MPF) e do Ministério Público do Acre (MP-AC), em caráter de urgência e sob pena de responsabilização pessoal. O motivo, de acordo com os órgãos, é que o decreto municipal tinha um "erro grosseiro" de interpretação em relação à decisão Supremo Tribunal Federal (STF). Diferente do que constava no decreto municipal, o STF não julgou favorável a realização de cultos, missas e demais atividades religiosas desde que observados os protocolos do Ministério da Saúde. Na verdade, o STF decidiu que estados e municípios podem proibir cultos e missas presenciais na pandemia. Bebês prematuros participaram de ensaio para a Páscoa na quinta-feira (1º) Arquivo/Hospital Santa Juliana Domingo (04/04) Em Rio Branco, bebês de UTI Neonatal fazem ensaio fotográfico fantasiados de 'coelhinhos da Páscoa' Em mais um ano, padres levam benção do Santíssimo aos fiéis em carreata no domingo de Páscoa em Rio Branco Internada na UTI Covid, biomédica morre um dia antes do aniversário de 29 anos no Acre Defesa de mãe que perdeu filhos em incêndio diz que não houve abandono e que ela recebe apoio psicológico no AC Rio Juruá segue acima da cota de transbordo e atinge cerca de 6 mil famílias em Cruzeiro do Sul Gledisson Albano/Rede Amazônica Acre Segunda-feira (05/05) Com fim de contrato, prefeitura suspende por 90 dias cobrança da Zona Azul em Rio Branco Rio Juruá segue acima da cota de transbordo e atinge cerca de 6 mil famílias em Cruzeiro do Sul Número de imigrantes diminui e abrigos em escolas são desativados em Assis Brasil, no AC Segurança registra mais de 290 ocorrências no feriadão da Semana Santa com medidas restritivas no Acre Após decisão do STF, igrejas evangélicas liberam cultos com 25% da capacidade e Diocese aguarda julgamento para retorno de missas presenciais Ameacre Terça-feira (06/04) Após decisão do STF, igrejas evangélicas liberam cultos com 25% da capacidade e Diocese aguarda julgamento para retorno de missas presenciais Polícia prende sete suspeitos de envolvimento em roubo de gado e uso de documentos falsos no Acre Em operação contra facção criminosa, polícia cumpre 71 mandados judiciais no Acre Acre tem mais de 5,3 mil casos confirmados de dengue e 12,4 mil suspeitos em 3 meses Aeroportos de Rio Branco e Cruzeiro do Sul são arrematados em leilão Divulgação Quarta-feira (07/04) Aeroportos de Rio Branco e Cruzeiro do Sul são privatizados após serem arrematados em leilão Cerca de 300 profissionais da odontologia recebem a 1ª dose da vacina contra a Covid-19 em Rio Branco Mais de 2,2 mil profissionais da Segurança começam a receber vacina contra Covid-19 no Acre Trabalhadores da Educação fazem protesto por vacina contra a Covid-19 em Rio Branco Gilvani Silva foi assassinado no Ramal Polo Benfica, em Rio Branco, na terça (6) — Foto: Reprodução/Ithamar Souza Quinta-feira (08/04) Jovem assassinado em Rio Branco era investigado por estupro de menina boliviana e morte da família dela, diz polícia Dois são presos por estupro de vulnerável no interior do Acre; uma das vítimas tem 10 anos Após Josa da Farmácia ser cassado, TRE faz recontagem de votos e André da Droga Vale assume vaga na Aleac Fiscal e diretor do Sindicato da Receita Federal no AC morre com Covid-19: 'Fazia tudo pela família', diz filho Trabalhadores da saúde fazem ato em homenagem aos 189 profissionais mortos na linha de frente da Covid-19 no AC Arquivo/Sintesac Sexta-feira (09/04) IPCA: inflação chega a 8,44% em 12 meses em Rio Branco Polícia cumpre 10 mandados de busca e prende três em operação de combate à organização criminosa, drogas e armas no AC Rio Juruá estabiliza acima da cota de transbordo e mais de 20 famílias seguem em abrigos em Cruzeiro do Sul Trabalhadores da saúde fazem ato em homenagem aos 189 profissionais mortos pela Covid-19 no Acre Bocalom torna sem efeito decreto que liberava atividades religiosas em Rio Branco após receber recomendação do MP


Você Viu? Criminosos invadem Cidade do Povo, Bocalom torna sem efeito decreto que liberava atividades religiosas e mais

Veja as notícias mais acessadas do G1 Acre na semana de 4 a 10 de abril. Veja as notícias mais acessadas do G1 Acre na semana de 4 a 10 de abril Arte/G1 Um dos assuntos que foi destaque essa semana foi a invasão de criminosos na Cidade do Povo. Moradores do local, que fica na região do Segundo Distrito de Rio Branco, viveram momentos de tensão na noite da última segunda-feira (5). É que um grupo de criminosos armados invadiu as ruas do bairro e efetuou vários disparos contra rivais. Eles gravaram o momento da invasão e o vídeo viralizou nas redes sociais. Nas imagens, é possível ver vários homens armados correndo pela rua do bairro e são efetuados vários tiros. Outro assunto que repercutiu foi o decreto municipal que liberava a realização de eventos religiosos ao ar livre com capacidade de 25% de público aos finais de semana e feriados. O prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, tornou sem efeito, neste sábado (10), o decreto que liberava o funcionamento de atividades religiosas ao ar livre na capital acreana. Ele recebeu uma recomendação, nessa sexta-feira (9), do Ministério Público Federal (MPF) e do Ministério Público do Acre (MP-AC), em caráter de urgência e sob pena de responsabilização pessoal. O motivo, de acordo com os órgãos, é que o decreto municipal tinha um "erro grosseiro" de interpretação em relação à decisão Supremo Tribunal Federal (STF). Diferente do que constava no decreto municipal, o STF não julgou favorável a realização de cultos, missas e demais atividades religiosas desde que observados os protocolos do Ministério da Saúde. Na verdade, o STF decidiu que estados e municípios podem proibir cultos e missas presenciais na pandemia. Bebês prematuros participaram de ensaio para a Páscoa na quinta-feira (1º) Arquivo/Hospital Santa Juliana Domingo (04/04) Em Rio Branco, bebês de UTI Neonatal fazem ensaio fotográfico fantasiados de 'coelhinhos da Páscoa' Em mais um ano, padres levam benção do Santíssimo aos fiéis em carreata no domingo de Páscoa em Rio Branco Internada na UTI Covid, biomédica morre um dia antes do aniversário de 29 anos no Acre Defesa de mãe que perdeu filhos em incêndio diz que não houve abandono e que ela recebe apoio psicológico no AC Rio Juruá segue acima da cota de transbordo e atinge cerca de 6 mil famílias em Cruzeiro do Sul Gledisson Albano/Rede Amazônica Acre Segunda-feira (05/05) Com fim de contrato, prefeitura suspende por 90 dias cobrança da Zona Azul em Rio Branco Rio Juruá segue acima da cota de transbordo e atinge cerca de 6 mil famílias em Cruzeiro do Sul Número de imigrantes diminui e abrigos em escolas são desativados em Assis Brasil, no AC Segurança registra mais de 290 ocorrências no feriadão da Semana Santa com medidas restritivas no Acre Após decisão do STF, igrejas evangélicas liberam cultos com 25% da capacidade e Diocese aguarda julgamento para retorno de missas presenciais Ameacre Terça-feira (06/04) Após decisão do STF, igrejas evangélicas liberam cultos com 25% da capacidade e Diocese aguarda julgamento para retorno de missas presenciais Polícia prende sete suspeitos de envolvimento em roubo de gado e uso de documentos falsos no Acre Em operação contra facção criminosa, polícia cumpre 71 mandados judiciais no Acre Acre tem mais de 5,3 mil casos confirmados de dengue e 12,4 mil suspeitos em 3 meses Aeroportos de Rio Branco e Cruzeiro do Sul são arrematados em leilão Divulgação Quarta-feira (07/04) Aeroportos de Rio Branco e Cruzeiro do Sul são privatizados após serem arrematados em leilão Cerca de 300 profissionais da odontologia recebem a 1ª dose da vacina contra a Covid-19 em Rio Branco Mais de 2,2 mil profissionais da Segurança começam a receber vacina contra Covid-19 no Acre Trabalhadores da Educação fazem protesto por vacina contra a Covid-19 em Rio Branco Gilvani Silva foi assassinado no Ramal Polo Benfica, em Rio Branco, na terça (6) — Foto: Reprodução/Ithamar Souza Quinta-feira (08/04) Jovem assassinado em Rio Branco era investigado por estupro de menina boliviana e morte da família dela, diz polícia Dois são presos por estupro de vulnerável no interior do Acre; uma das vítimas tem 10 anos Após Josa da Farmácia ser cassado, TRE faz recontagem de votos e André da Droga Vale assume vaga na Aleac Fiscal e diretor do Sindicato da Receita Federal no AC morre com Covid-19: 'Fazia tudo pela família', diz filho Trabalhadores da saúde fazem ato em homenagem aos 189 profissionais mortos na linha de frente da Covid-19 no AC Arquivo/Sintesac Sexta-feira (09/04) IPCA: inflação chega a 8,44% em 12 meses em Rio Branco Polícia cumpre 10 mandados de busca e prende três em operação de combate à organização criminosa, drogas e armas no AC Rio Juruá estabiliza acima da cota de transbordo e mais de 20 famílias seguem em abrigos em Cruzeiro do Sul Trabalhadores da saúde fazem ato em homenagem aos 189 profissionais mortos pela Covid-19 no Acre Bocalom torna sem efeito decreto que liberava atividades religiosas em Rio Branco após receber recomendação do MPF e MP-ACBocalom torna sem efeito decreto que liberava atividades religiosas em Rio Branco após receber recomendação do MPF e MP-AC Arquivo/IBB Sábado (10/04) Bocalom torna sem efeito decreto que liberava atividades religiosas em Rio Branco após receber recomendação do MPF e MP-AC Pastor é assassinado ao ter casa invadida durante arrastão em rodovia na zona rural de Rio Branco Vacinação contra a gripe começa nesta segunda-feira (12) no Acre; veja os grupos prioritários e calendário Empresário que passou mais de 70 dias internado recebe alta, fala da luta contra a Covid-19 e saudade que sentiu da família