INTO leva pacientes crianças para visita ao BioParque no Rio

A iniciativo do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia teve como objetivo estimular a participação dos jovens em tratamento em atividades ao ar livre. Os 14 pacientes foram ao zoológico em um ônibus com acessibilidade para cadeirantes. INTO leva pacientes crianças para visita ao BioParque no Rio Divulgação O Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (INTO) levou, nesta terça-feira (20), 14 pacientes pediátricos para visitar o novo BioParque do Rio, em São Cristóvão. Com a presença dos responsáveis, as 14 crianças foram levados ao zoológico em um ônibus com acessibilidade para cadeirantes. A ação faz parte do programa Fortalecer, de educação em saúde, criado em 2013 pela equipe de pediatria do INTO. Segundo a idealizadora do programa e diretora-geral do Instituto, Germana Bahr, a iniciativa é uma forma de estimular as crianças e jovens com problemas ortopédicos a participarem de atividades ao ar livre, terem contato com a natureza e socializarem entre eles e com as famílias. O programa completa 8 anos em 2021 e já beneficiou mais de 800 pacientes do INTO, com média de idade entre três e 11 anos. Em anos anteriores, as crianças já visitaram o AquaRio, o Museu do Amanhã, o Museu da Vida (na Fiocruz) e o Corcovado. O projeto, criado para ajudar de forma lúdica no tratamento de crianças com problemas ortopédicos, inclui outras ações, como visitas a escolas, parcerias para leitura e eventos educativos dentro do próprio instituto. Pacientes pediátricos do INTO vão ao BioParque no Rio Divulgação

INTO leva pacientes crianças para visita ao BioParque no Rio
A iniciativo do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia teve como objetivo estimular a participação dos jovens em tratamento em atividades ao ar livre. Os 14 pacientes foram ao zoológico em um ônibus com acessibilidade para cadeirantes. INTO leva pacientes crianças para visita ao BioParque no Rio Divulgação O Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (INTO) levou, nesta terça-feira (20), 14 pacientes pediátricos para visitar o novo BioParque do Rio, em São Cristóvão. Com a presença dos responsáveis, as 14 crianças foram levados ao zoológico em um ônibus com acessibilidade para cadeirantes. A ação faz parte do programa Fortalecer, de educação em saúde, criado em 2013 pela equipe de pediatria do INTO. Segundo a idealizadora do programa e diretora-geral do Instituto, Germana Bahr, a iniciativa é uma forma de estimular as crianças e jovens com problemas ortopédicos a participarem de atividades ao ar livre, terem contato com a natureza e socializarem entre eles e com as famílias. O programa completa 8 anos em 2021 e já beneficiou mais de 800 pacientes do INTO, com média de idade entre três e 11 anos. Em anos anteriores, as crianças já visitaram o AquaRio, o Museu do Amanhã, o Museu da Vida (na Fiocruz) e o Corcovado. O projeto, criado para ajudar de forma lúdica no tratamento de crianças com problemas ortopédicos, inclui outras ações, como visitas a escolas, parcerias para leitura e eventos educativos dentro do próprio instituto. Pacientes pediátricos do INTO vão ao BioParque no Rio Divulgação