Idosa que faz pão doce para população carente recebe ajuda de famosos

Foi por causa de um vídeo despretensioso, gravado pelo neto de 9 anos, que o lindo trabalho da Maria Paulina, de 69 anos, ganhou popularidade e ajuda de gente famosa: ela faz e distribui pão doce para pessoas menos favorecidas de São Paulo. A Vovó Tutu, como é conhecida, distribui na porta da casa dela, […] O post Idosa que faz pão doce para população carente recebe ajuda de famosos apareceu primeiro em Só Notícia Boa.

Idosa que faz pão doce para população carente recebe ajuda de famosos
Foi por causa de um vídeo despretensioso, gravado pelo neto de 9 anos, que o lindo trabalho da Maria Paulina, de 69 anos, ganhou popularidade e ajuda de gente famosa: ela faz e distribui pão doce para pessoas menos favorecidas de São Paulo. A Vovó Tutu, como é conhecida, distribui na porta da casa dela, em Brasilândia. Diariamente, são aproximadamente 1.700 pães entregues para a população carente do bairro. Infância pobre O sorriso que carrega hoje nem de longe denuncia a infância pobre que a Vovó Tutu teve. Filha de uma empregada doméstica e de um lavador de carros, ela guarda a recordação dos dias em que esperava na fila da sopa para poder se alimentar. Ela também lembra, de forma muito marcante, o pai instável e, por vezes, violento. “Para me proteger da truculência paterna, minha mãe me internou, como órfã, em uma instituição de freiras, a Casa da Divina Providência Madre Teresa Michel, na Mooca. Fiquei lá dos 7 aos 14 anos”, conta. Caridade E foi com as freiras que ela aprendeu muito sobre caridade. “Às vezes, saíamos com elas para pedir doações. Eu sentia muita admiração por aquilo”, lembra. Quando saiu do orfanato, Tutu foi trabalhar no Hospital das Clínicas, no departamento de limpeza. Lá, ela também encontrou um jeito de ajudar mães carentes que encontrava pelos corredores. “Eu ia até o refeitório e pedia um lanche, alguma coisa que tivesse sobrando para dar para aquelas mulheres. Se precisasse, eu pegava escondido mesmo”, revela. Fora do hospital, no bairro onde viveu quase toda a vida após o orfanato, Vovó Tutu também não deixou de praticar caridade. Primeiro ela organizava festas de aniversário para crianças carentes no bairro. Depois, passou a olhar para os idosos. Ação na pandemia Foi percebendo a necessidade da população carente de Brasilândia, que Vovó Tutu decidiu fazer os pães para doação. “Sabia que, com a pandemia, a fome ia bater na porta da periferia. Eu tinha de fazer alguma coisa”, afirma. Inicialmente ela entregava de 100 a 200 pães por dia, mas em menos de dois meses o número cresceu muito. “Eu não ia dar conta. Eu batia aquela massa toda na mão. Eram 18 quilos de massa. Não ia conseguir manter aquela ajuda. Não tinha dinheiro nem condições físicas para atender muita gente”, relembra. Ajuda de famosos E quando o neto Thalys, de 9 anos, entrou em cena, tudo mudou. Ele registrou a avó fazendo os pães e jogou o vídeo nas redes sociais. Não demorou muito para as doações chegarem. “Comecei a receber doações de tudo quanto era lugar. As pessoas passavam na frente de casa e me deixavam muitas coisas. Logo, e com ajuda da família, passamos a produzir mais e a atender muito mais gente”, conta. A notícia chegou até o padre Fábio de Melo, que entrou em contato e começou a ajudá-la (organizou lives, pediu doações, etc.). Famosos, como o apresentador Luciano Huck, a chef Paola Carosella e a jornalista Ana Paula Padrão, também se solidarizaram e colaboraram com o projeto. Hoje, a vovó beneficia diariamente aproximadamente 130 famílias. Ela entrega dois pães por pessoa e um copinho de chá. Vovó Tutu é incansável em sua missão. A rotina de produção de pães e distribuição parece preenchê-la de energia e amor. E o segredo dela? “Eu me coloco no lugar das pessoas, me coloco no lugar de quem não tem um pão para dar para um filho”, explica. Vovó Tutu faz todos os pães sozinha – Foto: Werther SantanaDoação de Pães. Foto: Werther SantanaCom informações de Estadão O post Idosa que faz pão doce para população carente recebe ajuda de famosos apareceu primeiro em Só Notícia Boa.