Prefeito e vereadores de Campos dos Goytacazes tomam posse; veja lista de eleitos

Wladimir Garotinho (PSD) toma posse nesta sexta (1º) como prefeito de Campos dos Goytacazes (RJ). Além dele, 25 vereadores assumem o cargo; eles foram eleitos em 15 de novembro. Suplentes podem substituir os vereadores que deixarem o cargo para ocupar uma outra função. O novo prefeito de Campos dos Goytacazes, Wladimir Garotinho (PSD), toma posse nesta sexta-feira (1º). Além dele, 25 vereadores assumem o cargo na Câmara Municipal para a legislatura 2021-2024. O prefeito Wladimir Barros Assed Matheus de Oliveira tem 35 anos, é casado, declara ao TSE a ocupação de deputado e tem superior completo. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 1.633.610,58. Já o vice Frederico Paes (Frederico Rangel Paes), do MDB, tem 51 anos, é casado, declara ao TSE a ocupação de engenheiro e tem superior completo. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 1.379.261,60. O prefeito e os vereadores do município foram eleitos em novembro do ano passado. A maior bancada da Câmara será do PSD, com 4 vereadores. Na época da eleição, a candidatura da chapa do prefeito estava sub judice e aguardava julgamento do Supremo Tribunal Eleitoral. O julgamento aconteceu no dia 10 de dezembro e o TSE confirmou a eleição de Wladimir Garotinho e Frederico Paes. Cabe ao prefeito decidir onde aplicar os recursos repassados ao município pelo Estado ou pelo governo federal e como administrar o que é arrecadado de impostos, como IPTU e ISS. Ele também é responsável pelas políticas de áreas como educação, saúde, moradia, transporte público e saneamento básico. Para isso, conta com secretários que são nomeados. O prefeito também precisa trabalhar junto com os vereadores, que representam os cidadãos no Legislativo municipal. Os vereadores são responsáveis por elaborar e propor leis. Os vereadores podem decidir, por exemplo, sobre a criação de políticas públicas. E têm a obrigação de fiscalizar o uso do dinheiro pelo Executivo e analisar a Lei Orçamentária Anual (LOA), que estabelece as despesas do ano seguinte do município. Há a possibilidade de vereadores deixarem os cargos para assumir funções na prefeitura. Quando isso acontece, o cargo é assumido por um suplente. Os vereadores de Campos dos Goytacazes vão representar 511.168 habitantes. A cidade fluminense tem um PIB de R$ 21.088.776.671,00 e um IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) de 0,716, segundo a última medição do IBGE, que é de 2010. O IDH vai de 0 a 1 – quanto maior, mais desenvolvida a cidade – e tem como base indicadores de saúde, educação e renda. A média no Brasil é de 0,765, segundo dados de 2019 divulgados em 15 de dezembro de 2020 pelo Programa de Desenvolvimento das Nações Unidas (PNUD). Veja quem são os vereadores eleitos: Marquinho Bacellar, do Solidariedade, tem 36 anos, é solteiro, declara ao TSE a ocupação de empresário e tem ensino médio completo. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 25.000,00. Igor Pereira, do Solidariedade, tem 39 anos, é casado, declara ao TSE a ocupação de vereador e tem superior completo. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 516.432,89. Anderson de Matos, do Republicanos, tem 45 anos, é casado e tem superior completo. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 239.000,00. Helinho Nahim, do PTC, tem 36 anos, é casado, declara ao TSE a ocupação de empresário e tem superior completo. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 753.336,00. Thuin, do PTB, tem 45 anos, é casado e tem ensino médio completo. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 20.000,00. Nildo Cardoso, do PSL, tem 62 anos, é casado, declara ao TSE a ocupação de empresário e tem ensino fundamental completo. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 385.000,00. Bruno Vianna, do PSL, tem 24 anos, é casado e tem superior incompleto. Ele não declara nenhum bem como patrimônio. Dandinho de Alciones Rio Preto, do PSD, tem 29 anos, é casado, declara ao TSE a ocupação de empresário e tem ensino médio completo. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 100.000,00. Fred Rangel, do PSD, tem 41 anos, é casado, declara ao TSE a ocupação de advogado e tem superior completo. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 300.701,98. Fabio Ribeiro, do PSD, tem 52 anos, é casado, declara ao TSE a ocupação de servidor público estadual e tem superior completo. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 1.223.308,21. Kassiano Tavares, do PSD, tem 41 anos, é casado e tem superior completo. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 15.072,21. Pastor Marcos Elias, do PSC, tem 43 anos, é casado e tem ensino médio completo. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 28.000,00. Maicon Cruz, do PSC, tem 30 anos, é solteiro, declara ao TSE a ocupação de assistente social e tem superior completo. Ele não declara nenhum bem como patrimônio. Juninho Virgilio, do PROS, tem 39 anos, é solteiro, declara ao TSE a ocupação de comerciante e tem ensino médio completo. Ele não declara nenhum bem como patrimônio. Thiago Rangel, do PROS, tem 24 anos, é solteiro, declara ao TSE a ocupação de comerciante e tem superior completo. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 224

Prefeito e vereadores de Campos dos Goytacazes tomam posse; veja lista de eleitos
Wladimir Garotinho (PSD) toma posse nesta sexta (1º) como prefeito de Campos dos Goytacazes (RJ). Além dele, 25 vereadores assumem o cargo; eles foram eleitos em 15 de novembro. Suplentes podem substituir os vereadores que deixarem o cargo para ocupar uma outra função. O novo prefeito de Campos dos Goytacazes, Wladimir Garotinho (PSD), toma posse nesta sexta-feira (1º). Além dele, 25 vereadores assumem o cargo na Câmara Municipal para a legislatura 2021-2024. O prefeito Wladimir Barros Assed Matheus de Oliveira tem 35 anos, é casado, declara ao TSE a ocupação de deputado e tem superior completo. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 1.633.610,58. Já o vice Frederico Paes (Frederico Rangel Paes), do MDB, tem 51 anos, é casado, declara ao TSE a ocupação de engenheiro e tem superior completo. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 1.379.261,60. O prefeito e os vereadores do município foram eleitos em novembro do ano passado. A maior bancada da Câmara será do PSD, com 4 vereadores. Na época da eleição, a candidatura da chapa do prefeito estava sub judice e aguardava julgamento do Supremo Tribunal Eleitoral. O julgamento aconteceu no dia 10 de dezembro e o TSE confirmou a eleição de Wladimir Garotinho e Frederico Paes. Cabe ao prefeito decidir onde aplicar os recursos repassados ao município pelo Estado ou pelo governo federal e como administrar o que é arrecadado de impostos, como IPTU e ISS. Ele também é responsável pelas políticas de áreas como educação, saúde, moradia, transporte público e saneamento básico. Para isso, conta com secretários que são nomeados. O prefeito também precisa trabalhar junto com os vereadores, que representam os cidadãos no Legislativo municipal. Os vereadores são responsáveis por elaborar e propor leis. Os vereadores podem decidir, por exemplo, sobre a criação de políticas públicas. E têm a obrigação de fiscalizar o uso do dinheiro pelo Executivo e analisar a Lei Orçamentária Anual (LOA), que estabelece as despesas do ano seguinte do município. Há a possibilidade de vereadores deixarem os cargos para assumir funções na prefeitura. Quando isso acontece, o cargo é assumido por um suplente. Os vereadores de Campos dos Goytacazes vão representar 511.168 habitantes. A cidade fluminense tem um PIB de R$ 21.088.776.671,00 e um IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) de 0,716, segundo a última medição do IBGE, que é de 2010. O IDH vai de 0 a 1 – quanto maior, mais desenvolvida a cidade – e tem como base indicadores de saúde, educação e renda. A média no Brasil é de 0,765, segundo dados de 2019 divulgados em 15 de dezembro de 2020 pelo Programa de Desenvolvimento das Nações Unidas (PNUD). Veja quem são os vereadores eleitos: Marquinho Bacellar, do Solidariedade, tem 36 anos, é solteiro, declara ao TSE a ocupação de empresário e tem ensino médio completo. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 25.000,00. Igor Pereira, do Solidariedade, tem 39 anos, é casado, declara ao TSE a ocupação de vereador e tem superior completo. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 516.432,89. Anderson de Matos, do Republicanos, tem 45 anos, é casado e tem superior completo. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 239.000,00. Helinho Nahim, do PTC, tem 36 anos, é casado, declara ao TSE a ocupação de empresário e tem superior completo. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 753.336,00. Thuin, do PTB, tem 45 anos, é casado e tem ensino médio completo. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 20.000,00. Nildo Cardoso, do PSL, tem 62 anos, é casado, declara ao TSE a ocupação de empresário e tem ensino fundamental completo. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 385.000,00. Bruno Vianna, do PSL, tem 24 anos, é casado e tem superior incompleto. Ele não declara nenhum bem como patrimônio. Dandinho de Alciones Rio Preto, do PSD, tem 29 anos, é casado, declara ao TSE a ocupação de empresário e tem ensino médio completo. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 100.000,00. Fred Rangel, do PSD, tem 41 anos, é casado, declara ao TSE a ocupação de advogado e tem superior completo. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 300.701,98. Fabio Ribeiro, do PSD, tem 52 anos, é casado, declara ao TSE a ocupação de servidor público estadual e tem superior completo. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 1.223.308,21. Kassiano Tavares, do PSD, tem 41 anos, é casado e tem superior completo. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 15.072,21. Pastor Marcos Elias, do PSC, tem 43 anos, é casado e tem ensino médio completo. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 28.000,00. Maicon Cruz, do PSC, tem 30 anos, é solteiro, declara ao TSE a ocupação de assistente social e tem superior completo. Ele não declara nenhum bem como patrimônio. Juninho Virgilio, do PROS, tem 39 anos, é solteiro, declara ao TSE a ocupação de comerciante e tem ensino médio completo. Ele não declara nenhum bem como patrimônio. Thiago Rangel, do PROS, tem 24 anos, é solteiro, declara ao TSE a ocupação de comerciante e tem superior completo. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 224.000,00. Cabo Alonsimar, do Podemos, tem 45 anos, é solteiro, declara ao TSE a ocupação de militar reformado e tem superior completo. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 19.937,55. Bruno Pezão, do PL, tem 37 anos, é solteiro e tem ensino médio completo. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 56.216,63. Luciano Rio Lu, do PDT, tem 52 anos, é casado, declara ao TSE a ocupação de comerciante e tem ensino fundamental incompleto. Ele não declara nenhum bem como patrimônio. Marquinho do Transporte, do PDT, tem 51 anos, é divorciado, declara ao TSE a ocupação de empresário e tem ensino fundamental completo. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 1.637.312,59. Leon Gomes, do PDT, tem 39 anos, é casado e tem ensino médio completo. Ele não declara nenhum bem como patrimônio. Silvinho Martins, do MDB, tem 57 anos, é casado, declara ao TSE a ocupação de vereador e tem ensino médio completo. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 167.800,00. Marcione da Farmacia, do DEM, tem 52 anos, é solteiro, declara ao TSE a ocupação de empresário e tem ensino médio completo. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 472.164,77. Rogerio Matoso, do DEM, tem 40 anos, é solteiro, declara ao TSE a ocupação de arquiteto e tem superior completo. Ele não declara nenhum bem como patrimônio. Fred Machado, do Cidadania, tem 58 anos, é divorciado, declara ao TSE a ocupação de empresário e tem ensino médio completo. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 320.000,00. Dr Abdu Neme, do Avante, tem 64 anos, é casado, declara ao TSE a ocupação de servidor público civil aposentado e tem superior completo. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 157.045,62. Veja o número de vereadores por partido PSD: 4 PDT: 3 DEM: 2 PROS: 2 PSC: 2 PSL: 2 Solidariedade: 2 Avante: 1 Cidadania: 1 MDB: 1 PL: 1 Podemos: 1 PTB: 1 PTC: 1 Republicanos: 1 * Esta reportagem foi produzida de modo automático com o apoio de um sistema de inteligência artificial e foi revisada por um jornalista do G1 antes de ser publicada. Saiba mais sobre o sistema usado em g1.com.br.