Prefeito de Birigui fala de repercussão após correr e imobilizar ladrão de celular: 'Agi por impulso'

Leandro Maffeis (PSL) contou que saía da Secretaria de Serviço Público quando percebeu movimentação no Centro da cidade provocada por furto. Prefeito de Birigui, Leandro Maffeis (PSL), ajudou a deter suspeito de furtar celular Arquivo Pessoal O prefeito de Birigui (SP), Leandro Maffeis (PSL) falou da repercussão ao ser flagrado imobilizando o suspeito de invadir uma loja da avenida Nove de Julho e furtar um celular, na terça-feira (23). Ao G1, ele contou que passou pelo Centro ao sair da Secretaria de Serviço Público. No bairro, ele percebeu que algumas pessoas observavam a rua do lado de fora dos estabelecimentos. "Achei que era acidente. Passei por algumas outras ruas, vi mais pessoas, até que encontrei um rapaz de camisa branca que jogou alguma coisa no chão e correu", disse. "O dono da loja gritou que era ladrão, então eu dei a volta no quarteirão, parei o carro perto dele. Ele soltou o chinelo, correu e eu fui atrás. Ele parou em uma esquina e eu consegui colocá-lo no chão." Segundo Maffeis, ele sempre anda acompanhado de um guarda, que desceu da motocicleta e algemou o suspeito. "Foi tudo muito rápido, corrido. Nunca passei por algo do tipo, foi um fato atípico. Agi por impulso. Na hora nem pensei se ele estava armado, a intenção foi pegar o ladrão que furtou", afirmou. O rapaz foi preso em flagrante por uma equipe da Polícia Municipal e levado à delegacia de Birigui, onde permaneceu à disposição da Justiça. Vítima fez publicação nas redes sociais sobre o caso em Birigui Reprodução/Facebook O comerciante que teve a loja furtada contou nas redes sociais que o ladrão entrou no estabelecimento, pegou o celular e saiu correndo. "De repente um cidadão enorme de alto, com cara de bravo, agarrou o camarada e o imobilizou como se fosse o Batman de Birigui", escreveu o homem, que confessou ter percebido somente depois que o prefeito foi o responsável por deter o suspeito. "Não fiquei no local para não dar Ibope, mas tiraram foto e repercutiu. Fiquei até surpreso. Teve gente de outros estados que mandou mensagem, foi algo que saiu fora da esfera municipal", disse o prefeito. Veja mais notícias da região no G1 Rio Preto e Araçatuba VÍDEOS: veja as reportagens da região

Prefeito de Birigui fala de repercussão após correr e imobilizar ladrão de celular: 'Agi por impulso'

Leandro Maffeis (PSL) contou que saía da Secretaria de Serviço Público quando percebeu movimentação no Centro da cidade provocada por furto. Prefeito de Birigui, Leandro Maffeis (PSL), ajudou a deter suspeito de furtar celular Arquivo Pessoal O prefeito de Birigui (SP), Leandro Maffeis (PSL) falou da repercussão ao ser flagrado imobilizando o suspeito de invadir uma loja da avenida Nove de Julho e furtar um celular, na terça-feira (23). Ao G1, ele contou que passou pelo Centro ao sair da Secretaria de Serviço Público. No bairro, ele percebeu que algumas pessoas observavam a rua do lado de fora dos estabelecimentos. "Achei que era acidente. Passei por algumas outras ruas, vi mais pessoas, até que encontrei um rapaz de camisa branca que jogou alguma coisa no chão e correu", disse. "O dono da loja gritou que era ladrão, então eu dei a volta no quarteirão, parei o carro perto dele. Ele soltou o chinelo, correu e eu fui atrás. Ele parou em uma esquina e eu consegui colocá-lo no chão." Segundo Maffeis, ele sempre anda acompanhado de um guarda, que desceu da motocicleta e algemou o suspeito. "Foi tudo muito rápido, corrido. Nunca passei por algo do tipo, foi um fato atípico. Agi por impulso. Na hora nem pensei se ele estava armado, a intenção foi pegar o ladrão que furtou", afirmou. O rapaz foi preso em flagrante por uma equipe da Polícia Municipal e levado à delegacia de Birigui, onde permaneceu à disposição da Justiça. Vítima fez publicação nas redes sociais sobre o caso em Birigui Reprodução/Facebook O comerciante que teve a loja furtada contou nas redes sociais que o ladrão entrou no estabelecimento, pegou o celular e saiu correndo. "De repente um cidadão enorme de alto, com cara de bravo, agarrou o camarada e o imobilizou como se fosse o Batman de Birigui", escreveu o homem, que confessou ter percebido somente depois que o prefeito foi o responsável por deter o suspeito. "Não fiquei no local para não dar Ibope, mas tiraram foto e repercutiu. Fiquei até surpreso. Teve gente de outros estados que mandou mensagem, foi algo que saiu fora da esfera municipal", disse o prefeito. Veja mais notícias da região no G1 Rio Preto e Araçatuba VÍDEOS: veja as reportagens da região