Bióloga e enfermeira são as primeiras vacinadas contra a Covid-19 em Macaé, no RJ

Imunização ocorreu no Centro de Convenções na tarde desta terça-feira (19). Outros profissionais da saúde, da rede pública e privada, também foram vacinados. Bióloga e enfermeira são as primeiras vacinadas contra a Covid-19 em Macaé, no RJ Divulgação/Prefeitura de Macaé A bióloga Keity Jaqueline Chagas Vilela Nocchi, 36 anos, e a enfermeira Rosani Espíndola Caruso, 57 anos, foram as primeiras a receberem a dose da vacina contra a Covid-19, a CoronaVac, em Macaé (RJ). A aplicação ocorreu na tarde desta terça-feira (19) por volta das 16h15 no Centro de Convenções. Segundo a Prefeitura, outros profissionais da saúde, da rede pública e privada, também foram vacinados. De acordo com o município, Keity é coordenadora dos Laboratórios de Análises Clínicas da Prefeitura há nove anos e é a responsável pelo diagnóstico do Covid-19, desde março. "Recebi a notícia nesta terça pela manhã e estou muito emocionada, pois já tinha ganhado o prêmio de mérito municipal há alguns meses e, agora, ser convidada para ser a primeira pessoa a tomar a dose da vacina é mais um reconhecimento do esforço de toda uma equipe nesta pandemia", pontou a bióloga. Já Rosani é enfermeira há 34 anos e trabalha há 16 no Hospital Público de Macaé (HPM), além de coordenar as Unidades de Tratamento Intensivo (UTI) para Covid-19 na instituição, com 53 leitos. "É uma grande emoção e torcemos muito por para que esse dia chegasse. A vacina foi esperada por todos e precisamos acabar com isso, perdemos várias pessoas de todas as idades", afirmou. Primeira etapa Nesta primeira etapa de vacinação, 2.974 pessoas dos grupos prioritários vão ser imunizadas, distribuídas da seguinte forma: Trabalhadores da Saúde: 2845 Pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas (em asilos ou abrigos): 120 Pessoas com deficiência institucionalizadas (internados): 9 De acordo com a Prefeitura, as doeses chegaram em um helicóptero da Polícia Civil, foram recebidas por técnicos da secretaria de Saúde e encaminhadas para a Casa da Vacina. A vacina CoronaVac deve ser aplicada em duas doses por paciente, com intervalo entre 14 e 28 dias entre as aplicações. Ainda segundo a Prefeitura, a vacinação começará de fato nesta quarta-feira (20) às 9h e serão atendidos cinco serviços de saúde: HPM, São João Batista, Clínica São Lucas, Unimed e Centro de Triagem do Coronavírus. Cerca de 30 profissionais, incluindo as Secretarias de Saúde e Mobilidade Urbana, além da Polícia Militar, estarão envolvidos na ação. A expectativa é imunizar cerca de 200 profissionais de saúde. No período da tarde, a imunização acontecerá em quatro asilos. As doses que chegaram nesta terça, irão atender 34% dos profissionais de saúde, visto que a cidade tem registrado cerca de 8 mil, informou a Prefeitura. A expectativa da equipe é realizar a aplicação das doses em uma semana. A vacinação vai ocorrer forma volante.

Bióloga e enfermeira são as primeiras vacinadas contra a Covid-19 em Macaé, no RJ

Imunização ocorreu no Centro de Convenções na tarde desta terça-feira (19). Outros profissionais da saúde, da rede pública e privada, também foram vacinados. Bióloga e enfermeira são as primeiras vacinadas contra a Covid-19 em Macaé, no RJ Divulgação/Prefeitura de Macaé A bióloga Keity Jaqueline Chagas Vilela Nocchi, 36 anos, e a enfermeira Rosani Espíndola Caruso, 57 anos, foram as primeiras a receberem a dose da vacina contra a Covid-19, a CoronaVac, em Macaé (RJ). A aplicação ocorreu na tarde desta terça-feira (19) por volta das 16h15 no Centro de Convenções. Segundo a Prefeitura, outros profissionais da saúde, da rede pública e privada, também foram vacinados. De acordo com o município, Keity é coordenadora dos Laboratórios de Análises Clínicas da Prefeitura há nove anos e é a responsável pelo diagnóstico do Covid-19, desde março. "Recebi a notícia nesta terça pela manhã e estou muito emocionada, pois já tinha ganhado o prêmio de mérito municipal há alguns meses e, agora, ser convidada para ser a primeira pessoa a tomar a dose da vacina é mais um reconhecimento do esforço de toda uma equipe nesta pandemia", pontou a bióloga. Já Rosani é enfermeira há 34 anos e trabalha há 16 no Hospital Público de Macaé (HPM), além de coordenar as Unidades de Tratamento Intensivo (UTI) para Covid-19 na instituição, com 53 leitos. "É uma grande emoção e torcemos muito por para que esse dia chegasse. A vacina foi esperada por todos e precisamos acabar com isso, perdemos várias pessoas de todas as idades", afirmou. Primeira etapa Nesta primeira etapa de vacinação, 2.974 pessoas dos grupos prioritários vão ser imunizadas, distribuídas da seguinte forma: Trabalhadores da Saúde: 2845 Pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas (em asilos ou abrigos): 120 Pessoas com deficiência institucionalizadas (internados): 9 De acordo com a Prefeitura, as doeses chegaram em um helicóptero da Polícia Civil, foram recebidas por técnicos da secretaria de Saúde e encaminhadas para a Casa da Vacina. A vacina CoronaVac deve ser aplicada em duas doses por paciente, com intervalo entre 14 e 28 dias entre as aplicações. Ainda segundo a Prefeitura, a vacinação começará de fato nesta quarta-feira (20) às 9h e serão atendidos cinco serviços de saúde: HPM, São João Batista, Clínica São Lucas, Unimed e Centro de Triagem do Coronavírus. Cerca de 30 profissionais, incluindo as Secretarias de Saúde e Mobilidade Urbana, além da Polícia Militar, estarão envolvidos na ação. A expectativa é imunizar cerca de 200 profissionais de saúde. No período da tarde, a imunização acontecerá em quatro asilos. As doses que chegaram nesta terça, irão atender 34% dos profissionais de saúde, visto que a cidade tem registrado cerca de 8 mil, informou a Prefeitura. A expectativa da equipe é realizar a aplicação das doses em uma semana. A vacinação vai ocorrer forma volante.